Fortalecendo valores e proximidade através da comunicação engajada

Quando temos a nossa frente uma situação de mudança, algo novo ou uma situação inesperada, uma de nossas primeiras ações é formar uma opinião sobre o momento e em seguida, transformá-la em informação para outras pessoas. Ou seja, precisamos nos comunicar com mais assertividade.

E isso tornou-se uma ferramenta necessária nesses tempos de pandemia, onde o isolamento social nos obrigou a mudar nossa rotina e a forma como nos relacionamos com o mundo.

Sejam pessoas físicas, empresas, ONGs, projetos sociais, escolas ou comunidades, todas elas precisaram aprimorar sua forma de comunicação para atender as suas necessidades que o momento atual nos exige.

Um trabalho cuidadoso na comunicação colabora para que as empresas possam criar uma história de credibilidade com seus clientes e parceiros e possibilitam que nesse momento os canais de comunicação possam ser fortalecidos e tornem-se importantes ferramentas de escuta.


Proximidade e transparência

Estar próximo de clientes e parceiros sempre foi uma estratégia para a venda de produtos e ideais, mas hoje essa relação mudou. É importante que as empresas e marcas comuniquem ao seu público seu posicionamento em um período em que toda as atividades foram afetadas e a economia do país inspira atenção.

Dessa forma seus valores podem ir além do consumo e sua estratégia de comunicação pode ser reconhecida como referência em seu setor.

A transparência em sua comunicação também é relevante e será importante no mercado atual, pois após esse período de isolamento social, empresas e consumidores precisarão rever velhas práticas em um mundo que já passa, e deve continuar, com grandes mudanças.

Para as empresas o uso das redes sociais revolucionou as formas de atendimento aos consumidores. Com maior interatividade e profissionais dedicados a esses canais, os clientes passarão a conhecer mais as atividades empresariais, projetos e quem são os colaboradores por trás de suas marcas.

Empresas como a Dow Brasil, Bayer, AES Tietê, investem em suas redes sociais como o Facebook, Instagram, LinkedIn e blogs para que seus clientes possam conhecer não somente seus produtos e serviços, mas sua visão de negócio e seu desenvolvimento enquanto empresas que precisam inovar em soluções em tempos de crise.

Esses meios possibilitam que as empresas possam, além de conhecer o mercado onde atuam, medir se as estratégias de relacionamento estão dialogando com seu público de forma adequada.


Procure o engajamento de sua equipe

Além do público interno, a equipe de colaboradores também precisa conhecer as rotinas de comunicação das empresas onde estão. E para aquelas que ainda se encontram em trabalho remoto, algumas práticas podem ser eficientes e minimiza os impactos do distanciamento social.

Entre as possibilidades é a criação e engajamento nas redes sociais para incentivar seus colaboradores a interagirem com as ações nesse momento de pandemia, como por exemplo, uma campanha de arrecadação de alimentos e itens de higiene.

As atividades de comunicação requerem que, além da linguagem que seu negócio atua, também tenha um estilo com seu público, por isso tanto seu texto como suas imagens precisam transmitir a mesma ideia para seus leitores.

E as relações de confiança também precisam ser fortalecidas, pois apesar de estarmos vivenciando um momento com muitas dúvidas, empresas, clientes e parceiros estão em uma busca contínua para fortalecer sua imagem e priorizar além de sua atuação no mercado, a manutenção da saúde e do trabalho de suas equipes.