Como manter as atividades nos espaços de leitura em tempos de pandemia mundial

Em tempos de restrições de deslocamento no qual estamos passando agora seguindo as orientações do Ministério da Saúde com o objetivo de evitar o contágio e propagação do coronavírus (COVID-19), estamos vendo além do impacto econômico, a paralisação de todas as atividades que atraiam grande público e o fechamento de espaços públicos culturais como bibliotecas, museus e centros culturais.

De imediato essas medidas visam proteger a população e toda a cadeia produtiva que trabalham nessas atividades. E apesar de toda a incerteza que vivemos agora, esse é um momento oportuno para repensarmos nossas relações de trabalho e convívio sem afetar nossa capacidade de relacionamento e produtividade.

E além de toda essa expectativa a cada semana do que teremos que modificar em nossa rotina, não podemos negligenciar que temos um compromisso com nossos clientes, parceiros e comunidades.

Basta que façamos uma busca nas redes sociais para vermos como as empresas em todo o mundo tem se comunicado frequentemente com seus públicos para demonstrar que mesmo em tempos de urgência, elas precisam mostrar proximidade e que continuam oferecendo confiança e na medida de cada restrição sugerida por órgãos competentes, continuam a oferecer produtos e serviços.

Muitas empresas possuem comitês de gestão de crise para em momentos como esse terem as medidas necessárias que devem ser colocadas em prática.

Com as ações educacionais funcionam da mesma forma. E com o uso dos recursos tecnológicos disponíveis podemos alcançar o público e dar orientações para que projetos em andamento possam ter o mínimo de impacto nesse momento e que as comunidades assistidas possam ter toda a segurança e continuidade.

Iremos continuar incentivando a leitura, mas agora seguindo restrições temporárias para que todos possam sentir menos os impactos e em breve possamos voltar à normalidade.

Agora é o momento de sermos agentes em nosso círculo familiar e experimentar como é possível obtermos conhecimento, cultura e diversão.

Leia com sua família, reúna seus pais e/ou irmãos para contar uma história. Mostre a eles seus livros, histórias e personagens favoritos.

Monte uma roda de leitura e escolha uma história que todos em casa conheçam e cada um conta a sua parte. Dessa forma todos podem colaborar e se divertir juntos.

Leia para os idosos que estão em seu ambiente familiar, pois nesse momento requerem mais cuidado e atenção com a saúde. Esse é um tempo necessário para compartilhar nosso conhecimento e diminuir os efeitos que o isolamento podem causar.

Nesse momento é importante termos consciência de que esse isolamento é uma medida preventiva coletiva e necessária e nossas práticas de leitura tornam-se importantes aliadas nessa jornada.

E até esse período, que ressalto ser necessário para um bem maior, passar e termos mais segurança para retomar nossas atividades é o momento ideal para usarmos a tecnologia a nosso favor.

Procure pelos livros online que são ótimas opções para continuarmos aprendendo e nos divertindo. Um dos sites que podem colaborar muito nesse período, por exemplo, é o da Fundação Educar DPaschoal que possui uma biblioteca virtual com mais de 60 publicações infanto juvenis que podem ser lidos gratuitamente. São diversas histórias em formato eletrônico com belíssimas ilustrações.